Lições de lideranças vivenciadas por Jesus (baseado no capítulo 10 do evangelho de João)

O tema liderança é um dos que mais preocupa todos os segmentos da sociedade, centenas e centenas de livros estão nas prateleiras das livrarias sobre o tema, de igual modo centenas e centenas de seminários têm sido nesta mesma direção. Quem é o líder? Como encontrar o líder ideal?

Apresento algumas características do líder ideal a partir da leitura do capítulo 4 do evangelho de João. Líder é aquele que cumpre a função de trazer mudança a sociedade. Somos ou não líderes dependendo de nossas atitudes e de como vemos o mundo que nos cerca. Ser Líder significa atuar consciente da sua capacidade de transformar o mundo.

Legitimidade

Em verdade, em verdade vos digo que quem não entrar pela porta do aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Mas o que entra pela porta é o pastor das ovelhas (v. 1, 2).

1. Esta é uma característica fundamental: Não pode ter entrado pela janela.

2. Tem contato com o chefe. Jesus sabia quem era seu chefe, Ele encontrava todos os dias, geralmente durante horas,  nada podia interromper o que era predeterminado, reservado e honrado.

Identidade

Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Eu sou o bom Pastor;  conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem. (v. 7, 11, 14).

1. Eu sou – ( acreditar em si) suas declarações de “eu sou” resultaram no que Ele se tornou. Quem você diz que é, para você mesmo, no dia a dia.

2. Ele se expressava – Jesus expressava em voz e com frequência.

3. Trabalhou seu medo… “Pai se for possível passa de mim”.

4. Ele sabia que não estava só.

Projeto de vida

Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; a essas também me importa conduzir, e elas ouvirão a minha voz; e haverá um só rebanho e um só pastor (v. 16).

1. Ele se ateve a sua missão: Jesus conhecia Sua missão e não se desviou dela. Ele declarava que sua missão era, em essência, ensinar as pessoas sobre a melhor forma de vida.

2. Ele poderia ter feito literalmente qualquer coisa. Contudo, não construiu uma sinagoga. Ele não escreveu nem distribui livros. Nem mesmo curou todas as pessoas doentes do mundo. Ele não foi a todos os cemitérios retirar todos os mortos dos seus túmulos. Não construiu lojas. Sua missão era bem específica. Ele se ateve a sua missão.

3. Ele fez coisas difíceis.

4. Ele tinha um plano: Ensinou, treinou formou uma equipe.

5. Podia ter possuído a terra, ser Rei.

6. Ele tinha visão de longo prazo.

7. Ele dava um passo de cada vez (não saltava etapas).

Engajamento

Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para a retomar (v.17).

1. Acreditava em si.

2. Dizia muito obrigado.

3. Tinha comprometimento apaixonado pela causa.

4. Agia: Meu Pai continua trabalhando e eu também.

5. Ele estava aberto as pessoas e suas ideias. Peça e será dado.

Responsabilidade

Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou: tenho autoridade para a dar, e tenho autoridade para retomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai (v. 18).

1. Preservava energia: uma oração tranquila, um repouso e um tempinho sozinho.

2. Não gastava tempo julgando os outros: Conhecia suas responsabilidade.

3. Conhecia profundamente os seus recursos.

4. Tinha domínio de onde veio e para onde ia.

5. Ele não desdenhava as pequenas coisas.

6. Administrava a partir de quem estava mais perto.

Avalie sua liderança a partir destas características e faça o que tem de ser feito. Isto significa ter vontade inabalável de fazer o que precisa ser feito.

Características do líder ideal